Palavras proibidas

Palavrão. Insulto, palavra ou expressão ofensiva.

Com 13 anos de idade, eu já deveria ter aprendido sobre as palavras proibidas! Não sei na casa de vocês, mas aqui em casa existem palavras que não podem ser ditas, tipo aquele que não pode ser nomeado.

A lista não é muito grande, mas o problema é que dependendo da época e a frase que se use, a palavra proibida surge piscando na sua testa.

Ontem foi Páscoa e minha mãe é um poço de contradição: adora chocolate, mas depois que come fica mal humorada porque acha que vai engordar. Não sei se toda mãe é assim, mas a minha pira se achar que ganhou uns quilinhos. Eu já testemunhei vários fuzilamentos (com os olhos) daquelas tiazinhas idosas sem noção que aparecem a cada quinze anos – tipo um cometa ou título de campeão da Copa do Mundo – para comentar como “você envelheceu” ou “como você engordou”. Talvez com a idade, a pessoa perca a noção do perigo ou o medo de morrer. Sei lá… Fato é que, se eu não fosse tão desatento ou não estivesse tão entretido com o Fortnite, eu teria sacado a armadilha que a Pestinha me armou.

A imagem no início desse texto é um verdadeiro raio-X do momento em que aquela filha do Coisa Ruim me fez cair em tentação. Eu já expliquei nesse texto aqui https://minhanadafacilvida.com/2018/01/11/exorcizando-a-pestinha/ o porquê de achar que a minha irmã é o Anticristo. Então, se você não entendeu a referência clica aí no link.

Tudo começou ontem. Depois que almoçamos, minha mãezinha querida caiu de queixo no ovo de colher recheado de brigadeiro e nos pudins gourmetizados que ganhou da minha avó. Pelo o que conheço da minha mãe, a cada colherada dos doces, ela mentalmente contabilizava as calorias.

Então, hoje, eu estava tranquilo e contente curtindo o dia sem aula, jogando uma partidinha online quando fui interrompido pela criatura maldita com quem eu divido meus pais.

– Max, mamãe tá te chamando lá no quarto. Não estamos conseguindo fechar o zíper da roupa dela…

– E o que eu tenho com isso? Meu nome é MacGyver, por acaso? – falei, sem desgrudar os olhos da tela do videogame.

– Ma o quê?

– … Aquele carinha do seriado que faz milagre com uma caneta, um palito de fósforos e um pacote de jujuba. Ah… deixa pra lá, é muita cultura pop pra você.

– Você está dizendo que a mamãe precisa de um milagre pra entrar no vestido?

– Eu??? Tá maluca! Milagre, não. Só precisa comer menos chocolate e menos doce. Assim, o vestido não fica apertado – concluí, entretido com a partida e sem dar muita atenção para a situação.

De repente, ouvi aquela respiração metálica, pesada e sinistra, tipo como se o próprio Darth Vader estivesse atrás de mim e a voz dela, naquele tom inesquecível do modo pistola.

– Quer dizer, Maximiliano, que você acha que eu enfiei a cara no doce ontem!? Que engordei?

Aqui em casa quando surge o nome todo em uma frase é porque a coisa não está boa para o meu lado. 😅

Fiz uma cara meio meme Nazaré Tedesco, larguei o game, levantei mudo e me autocastiguei indo para o meu quarto. Prefiro perder uma mão do que o braço inteiro, se é que vocês me entendem.

E vocês, como foram de Páscoa?

P.S. Memes autorais

2 comentários sobre “Palavras proibidas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s