Torcendo contra!

2018… terceira Copa do Mundo que eu acompanho.

Comecei, em 2010, a entender que aquela correria atrás de uma bola simbolizava para algumas pessoas uma grande paixão. Eu mesmo não liguei muito naquele ano porque era muito novo. Já em 2014, eu assisti aos jogos e torci bastante até o fatídico jogo com a Alemanha. Fiquei arrasado e não quis conversa com a redonda durante um bom tempo. Me senti traído…

Chegamos então, a junho de 2018. Eu estava empolgado contando os dias para a estreia do Brasil.

Quem leu minhas postagens mais antigas sabe que curto futebol, então, eu me preparei para torcer como nunca neste campeonato. Sintam só:

1- Comprei tinta verde e amarela para passar no rosto;

2- Sofri de abstinência, pois guardei nas últimas duas semanas a minha porção semanal de salgadinho porcaria para comer tudo assistindo ao jogo;

3- Ignorei as reclamações da minha mãe e do meu pai, que não estão nada empolgados com a Copa. Ela, por odiar fogos. Tem pena dos bebês, crianças pequenas e dos animais porque sofrem muito com a barulheira, e ele, por achar que o povo brasileiro só dá valor a farra e festa, e por isso o país “não vai pra frente”;

4- Acompanhei os comentários “cabelísticos” da expert Pestinha sobre os visuais do camisa 10 do time;

5- Passei 5 horas arrumando o meu mafuá, vulgo, meu guarda roupas, para achar a minha camisa amarelinha de 4 anos atrás e, em um ato completamente insano – porque paixão por futebol é insana – estava disposto a passar ridículo e usá-la mesmo apertadinha, no maior estilo se levantar os braços, aparece o umbigo;

6- tive que aturar a Chica ensaiando a releitura de uma música antiga para a sua performance no”Bar do Juca Bravo”, um “pé sujo boutique” aqui da cidade, que serve dobradinha desconstruída, miolo com espuma de cachaça e um famoso prato francês, oeuf coloré, e o que ouvi de “Mexe-mexe-mexe coração na batida do funk foi de cansar qualquer ouvido normal.

Enfim, eu estava bem empolgado… es-ta-va! Até ontem!

Tudo mudou quando recebi um meme anônimo. A pessoa me enviou de um número desconhecido e quando perguntei “quem era”, não me respondeu. Na época da minha mãe era carta anônima, hoje é meme. A desgraça dizia mais ou menos o seguinte:

Imagine você e eu,

Juntinhos, assistindo ao jogo do Brasil,

Refri e churrasco rolando, a Chica cantando

E o Ney arrasando!

A bola voando, você se empolgando, o time marcando e a gente se beijando … gol atrás de gol. Meu 7×1!

Quase passei mal com o poema! 🤢🤢

Primeiro fiquei na paranoia por não saber quem enviou. Para piorar, aqui em casa não vai rolar assistir à partida e para não morrer de curiosidade e ansiedade combinei de ver na casa do Roberto com a turma da escola, mas agora com essa ameaça virtual (isso não é um poema, é uma ameaça!), só me resta torcer contra!

Sou Suíça desde pequenininho. 😬

PS: Tirinha do Carlos Ruas, “De um sábado qualquer”. 😂😂

6 comentários sobre “Torcendo contra!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s